Dicas De SEO Para Começar Sua Campanha Com O Pé Direito

Embora o termo otimização de busca (SEO) seja usado em todos os lugares, é surpreendente que muitos empresários e profissionais de marketing não entendam realmente como isso pode ajudá-los.

Começando com essas dicas de SEO fundamentais, sem dúvida, tornarão suas decisões mais precisas e economizarão tempo e dinheiro, melhorando seu retorno de investimento no futuro.

Todos sabemos que a otimização nos sites de busca é vital para obter exposição para o seu negócio. Saber como usá-lo de forma eficaz pode ser benéfico para seus produtos e serviços.

Antes de começarmos com as dicas de SEO, devemos ter certeza de que todos sabem o que é.

O Que É SEO?

SEO refere-se a técnicas que você pode fazer para ajudar seu site a se ranquear mais alto em resultados de pesquisa orgânicas em ferramentas de busca como o Google ou Bing.

Por exemplo, digamos que você tenha uma empresa de impressão que faz entregas online em Nova York. Se alguém vai ao Google e digita “impressão de cartão de visitas em NYC”, quão rapidamente o usuário encontra sua empresa na página de resultados?

É amplamente conhecido que as empresas que aparecem na primeira página dos buscadores tem mais tráfego e vendem, por consequência, mais a partir dessa pesquisa.

Neste artigo vamos focar em dicas de SEO para comercializar o seu negócio nas ferramentas de busca usando técnicas orgânicas.

Há a opção de  pagar pela campanha, o que chamamos de SEM (Search Engine Marketing), como o Google Adwords, por exemplo. Não entraremos nesses tópico nesse artigo.

Quais São As Dicas De SEO Para Começar Sua Campanha Com O Pé Direito?

Em primeiro lugar, você precisa saber entender o seu objetivo e monitorá-lo. Dessa forma você saberá começar medir suas ações de SEO, melhorando o que te gera bons resultados e evitando o que te gera quedas no ranking.

O Que É Preciso Para Monitorar Seu Website Em Sites De Busca Como O Google?

Três fatores explicam como e onde as ferramentas de busca classificam seu site: Ranking, Autoridade e Relevância.

Ranking

Ranking é a posição que seu site está listado na página de pesquisa quando um usuário digita uma palavra-chave.

Se o seu site é o número um nas vezes que se digita “impressão de cartão de visita em NYC”, então sua classificação é a primeira e assim por diante. O primeiro lugar gera um maior percentual de cliques. Monitorar onde você classifica ao longo do tempo é a primeira maneira de julgar como os esforços de otimização do site de busca estão se materializando.

Ranking de sites em pesquisas orgânicas

Autoridade

A autoridade é determinada principalmente por quantos backlinks (links de outros sites da Web) levam ao seu site.

Você pode encontrar vários índices que determinam autoridade. Moz, por exemplo, tem a Autoridade de Domínio (DA) e a Autoridade de Página (PA). Majestic tem o Fluxo de Confiança e Fluxo de Tópicos, e Ahrefs tem o Ahrefs Rank (AR) e a Domain Rating (DR).

Todas as classificações de autoridade consideram a quantidade e a qualidade dos links, o número de diferentes domínios exclusivos que se ligam ao seu site, entre outras métricas.

Dicas básicas de SEO para iniciantes: índice de autoridade ahrefs
Índice de autoridade Ahrefs

Uma coisa a se ressaltar, é que o número de links não necessariamente determina sua autoridade, mas sim a qualidade desses sites links e se vem de websites distintos.

Relevância

Finalmente, a relevância é determinada à medida que o site de busca classifica sua página para garantir que seu site ou empresa se especialize nas palavras-chaves que você tem como objetivo.

Imagine comparar um blog de negócios escrevendo sobre basquete enquanto um blog esportivo está escrevendo sobre o mesmo tema. É claro que o Google considerará o artigo no blog esportivo mais relevante para este tema.

O fluxo de tópicos (topic flow) da plataforma Majestic é um excelente índice para medir a relevância do seu site.

Temos certeza de que você já ouviu isso antes:  o conteúdo é rei! Nada substitui um bom artigo.

Para falar de SEO é importante dividir suas técnicas em duas partes: SEO interno e externo. Para este artigo, daremos dicas de SEO para a otimização em ambos.

SEO Interno

SEO interno refere-se a um SEO mais técnico dentro do seu próprio website.

Como mencionamos antes, o conteúdo que você posta é o mais importante quando se o SEO interno, no website. Cada artigo ou página que você cria deve ter um título que chame a atenção e faça com que seu usuário cliquem.

1) Uma Das Dicas Básicas De SEO Mais Importantes Para Iniciantes: Encontre As Palavras-Chave Corretas

Uma das primeiras dicas de SEO é encontrar as palavras-chaves certas para o seu site. Sem isso, você nunca será capaz de desenvolver uma estratégia de SEO. Veja abaixo um check list para te ajudar:

  1. Sua palavra-chave tem que ser relevante para o seu usuário-alvo.
  2. Tem que estar de acordo com seus objetivos.
  3. Tem que ter uma competição de acordo com os índices de autoridade do seu URL e da sua página. Ou seja, é difícil competir com site como UOL, ou Folha de SP, por exemplo. Evitar palavras que tenha sites com autoridade forte na primeira página do Google, aumenta suas chances.
READ ALSO  Qual É A Diferença Entre Uma Entrevista Formal E Uma Entrevista Informal? Como Ir Bem?

Use recursos gratuitos para ver a competitividade da palavra-chave. Recomendo o Google Adwords, que pode te dar uma ideia de competitividade e volume de tráfego.

Dicas básicas de SEO para iniciantes: planejador de palavras-chave
Palavras-chave: Planejador de palavras-chave

Pense em palavras-chaves long tail, ou cauda longa; eles podem ser mais fáceis de converter, já que os usuários sabem com mais precisão o que querem.

Por exemplo, há menos concorrência quando você tenta classificar para “impressão de cartão de visita em NYC” do que a palavra-chave “cartões de visita”.

Além disso, a pessoa que procura “impressão de cartão de visita em NYC” está muito mais disposta a converter do que alguém procurando cartões de visita, que podem estar apenas procurando por exemplos de design ou a definição do termo cartão de visita.

E relembrando, não se esqueça de escolher palavras-chaves que façam sentido para o seu negócio.

2) Mantenha Sua URL Simples

Uma das dicas mais básicas de SEO é você incluir suas palavras-chaves no seu artigo uma série de vezes, obviamente evitando o excesso, já que o Google não vê com bons olhos. Entretanto, sua estrutura de URL também é altamente relevante. Você deve incluir a sua palavra-chave e fazê-la fácil de entender.

Por exemplo, se o seu site está www.vendasemarketing.com e você escreve um artigo chamado “101 dicas de títulos para converter clientes com efetividade: um guia para iniciantes para profissionais de marketing digital”, é muito melhor usar uma URL como:

www.vendasemarketing.com/converter-clientes

Em vez de uma URL como:

www.vendasemarketing.com/101-dicas-de-títulos-para-converter-clientes-com efetividade-um-guia-para-iniciantes-para-profissionais-de-marketing-digital

Ou pior ainda:

www.vendasemarketing.com/artigo12324-link-externo.

3) Corrija Seu Título E Meta Descrição

Para o SEO na página, também é essencial entender os conceitos de tags de título e meta descrição.

Cada página da Web que você cria tem uma tag de título em HTML. A tag título é a descrição do texto que aparece no canto superior esquerdo do seu navegador. Não deve ter mais do que 54 caracteres.

Meta tags são trechos de código HTML da sua página web; é uma breve descrição do que é a página ou artigo.

As URLs, títulos e meta descrições são os primeiros lugares que os site de busca procuram encontrar a palavra-chave. Recomenda-se que a meta descrição não ultrapasse 160 caracteres.

Dicas básicas de SEO para iniciantes: Tag Tittle e Meta Tag
Tag de título e meta descrição

No exemplo acima, a tag de título é:

“Cartões de visita | Impressão em Nova York | Rápida Entrega”

Além disso, a meta descrição é:

“Impressão de cartões de visita em Nova York, Long Island e Nova Jersey. Escolha entre uma grande variedade de cartões de visita para entregas no mesmo dia.”

4) Use Links Internos

Outra importante ferramenta interna de SEO são os links internos, na qual você pode conectar seções individuais do seu site através de hiperlinks.

Artigos com muitos links internos mostram sua relevância às ferramentas de busca. Mostra que seu site tem alta relevância em algum tópico específico já que estão interligados.

5) Torne Seu Site Responsivo

A responsividade não deve ser uma surpresa para ninguém ao ler um artigo sobre SEO.

A tendência de uso de Internet em celular é mais que evidente, e os profissionais de marketing  tem feito grandes esforços para priorizar essa tecnologia.

No entanto, alguns anos atrás vimos pela primeira vez o Google priorizá-lo em seu próprio sistema de rankings.

Dicas básicas de SEO para iniciantes: Design responsivo
Design responsivo é obrigatório.

Embora a responsividade mostre a intenção dos buscadores em fornecer aos usuários uma experiência móvel de qualidade.

SEO Externo

Embora você possa, sem dúvida, controlar seus esforços e resultados de otimização interno, o SEO off-page  (externo) é frequentemente visto como mais complicado e por uma boa razão.

O SEO externo consiste em construir relacionamentos com outros sites através de um excelente conteúdo oferecendo a indivíduos que têm sites de alta autoridade.

Esse processo de construção de relacionamentos para o seu site é chamado de link building. Quem está linkando a você, como estão linkando e quantas vezes.

Todos esses fatores afetam seus esforços de SEO externo e sua estratégia geral de SEO.

READ ALSO  O Que É Ser Empregável? Qual O Impacto De Não Ser Empregável?

6) Quem Está Linkando Ao Seu Site?

Muitas ferramentas ajudam você a determinar sites que linkam ao seu, o que é um fator essencial nos rankings. Alguns exemplos já citados são AhRefs, MOZ, Majestic, etc.

A quantidade de links nem sempre significa ser melhor que a qualidade. Muitas vezes 50 links do blog do seu amigo valem menos do que um link de um grande site – então veja lá onde colocar seus esforços!

Links de sites com grande autoridade são tratados com mais prioridade por ferramentas de busca porque recebem milhares, se não milhões, de visitantes todos os dias.

Links para um site
Links para um site

Ao entrar em contato com outros sites, certifique-se de concentrar uma porcentagem mais significativa de seus esforços em conseguir links em artigos longos e de qualidade, pois eles têm uma maior capacidade de conseguir mais baklinks e passar mais autoridade ao seu site.

Frequentemente, as equipes de SEO têm trabalhado com diretórios, anúncios classificados ou redes sociais. Embora isso possa ser uma prática antiga, alguns diretórios ainda podem valer algo, especialmente aqueles relacionados ao tópico do seu site.

Mesmo não estando bem classificados nos sites de busca, alguns deles podem ser necessários para aumentar o número de links para o seu site. Basta ter cuidado com a qualidade e o excesso de links adquiridos nesses sites.

7) Como Os Outros Estão Se Conectando Ao Seu Site?

Como na página, o texto âncora é relevante ao tentar classificar seu site para palavras-chaves específicas.

Ao pedir a outros sites para se vincularem ao seu site, tente pedir um link de texto âncora correspondente à palavra-chave alvo, o mas não super otimize, isso é uma característica negativa ao Google.

Se o seu site se concentrar em vender tinta azul e entrar em contato com um site de decoração de casa, certifique-se de que em um post de blog ou em uma página, se houver algo sobre “tinta” ou “tinta azul”, que o blog possa linkar ao seu site. Mas se você tiver 100% de texto âncora como tinta azul, isso levantará suspeitas no Google.

Também é bom ter texto âncora relacionado ao nome do seu site . Muito melhor se o nome da sua empresa estiver relacionado com suas palavras-chave. Por exemplo, na empresa que imprime cartões de visita em Nova York, o texto âncora tem um nome otimizado para palavras-chaves, que também é o nome do site.

Texto de âncora otimizado

Dito isto, se o site não pode garantir um link de texto âncora rico em palavras-chaves, então qualquer backlink funciona.

Uma prática comum entre os sites é o que se chama troca links. Mas cuidado que essa prática está numa área cinzenta e não muito clara ao Google.

Se você está pensando em apenas pagar por backlinks, essa prática é severamente desaprovada pelas ferramentas de busca e pode colocar seu site em maus lençóis se for pego.

8) Usar As Mídias Sociais Para Espalhar Suas Contagens De Conteúdo?

Usar plataformas de mídia social como Facebook, Twitter e Linkedin para divulgar seu conteúdo é muito popular.

De fato, de acordo com MOZ, o número de seguidores sociais e atividades que uma página da web tem é um fator relevante na capacidade da página de ranquear-se em sites de busca.

Os sites de busca concluíram inteligentemente que o conteúdo compartilhado através das mídias sociais (especialmente se o canal é popular e tem muitos seguidores) é altamente influente. Para aproveitar ao máximo o compartilhamento do seu conteúdo através das mídias sociais, não deixe de adicionar botões de compartilhamento de redes sociais ao lado do seu artigo.

No passado o Google já negou o uso das mídias sociais como parte de seus fatores de classificação. No entanto, há fortes evidências que apontam para uma correlação entre sinais sociais e posições da SERP (Search Engine Result Page, ou Página de Resultado na Ferramenta de Busca).

Uma coisa é fato, com mais compartilhamentos nas mídias sociais, mais as chances de conseguir backlinks e consequentemente ranquear-se bem no Google.

Embora eles possam não ser incorporados em algoritmos agora, as menções de marca e links em redes sociais podem começar a movimentar páginas nas ferramentas de busca.

Segundo o SEO Moz, o número de seguidores sociais é importante para o ranking.

Podemos ver movimentos nesse sentido com o acordo entre o Twitter e o Google para começar a indexar tweets individuais e até mesmo incluí-los em conteúdos diferenciados nas páginas de pesquisa.

READ ALSO  30 Lições De Liderança Estratégica: Um Guia De Grandes Líderes

A forma que essa integração tomará ainda não se sabe, mas o poder do compartilhamento social na determinação da qualidade do conteúdo será importante demais para que os sites de busca os ignorem.

9) Usar E-mails Para Aumentar O Alcance Do Seu Conteúdo

E-mails tem sido há muito tempo usado para gerar novos leads para empresas. Ainda assim, mesmo o poder de SEO ser questionável, enviar e-mails diários ou semanais para sua base de seguidores pode gerar um tráfego adicional e constante que pode ajudar indiretamente o seu SEO.

De acordo com o Search Engine Journal, o tráfego qualificado de e-mails pode aumentar o tempo do seu site e reduzir a taxa de rejeição.

E o que é taxa e rejeição?

A taxa de rejeição é medida quando há um abandono do seu site na primeira página visitada.  Há uma correlação positiva entre uma baixa taxa de rejeição e melhores rankings.

Existem ferramentas que ajudam a gerenciar a rotina de e-mails, tais como MailChimp, por exemplo.

Lembre-se, antes de embarcar numa campanha de e-mail, certifique-se de que o conteúdo seja envolvente, teste-o antes e não deixe de limpar sua base de e-mail com frequência.

Mail Chimp continua melhorando sua plataforma. A tarefa de e-mail marketing nunca foi tão fácil.

10) Conteúdo

Tratar-se  de engajar as ferramentas de busca é o que predomina em SEO.

Entretanto, essa é uma vista míope. Muitos fatores influenciam como uma página se ranqueai, mas o objetivo geral do Google é fazer o usuário receber algo útil.

Elementos como taxas de clique por impressão e rejeição entram na classificação para ranquear uma página. Fatores técnicos e palavras-chaves não controlam essas métricas; elas são impulsionadas pela experiência de seus usuários em seu site.

Um pesquisador no Google não quer ver uma meta descrição recheada com palavras-chaves. Ele quer entender o que há no texto, de forma rápida, para saber se é o que ele está buscando.

Você precisa criar um texto que lhes dê uma razão para clicar. Quando os usuários chegam à página, eles querem ver algo útil, que responde suas perguntas ou desperte mais seu interesse. Isso vai mantê-los na página por mais tempo. Essa experiência positiva sinalizará ao Google que sua página é relevante e que ele deve recompensá-la com uma posição melhor.

SEO não é mais apenas para robôs avaliarem; mas está se tornando uma experiência muito mais humana.

11) Não Há Como Enganar O Sistema

SEO é sobre informações relevantes aos usuários.

É isso! Tentar descobrir uma maneira de enganar o Google para ranquear seu site mais acima, não é uma solução de longo prazo. Com as atualizações constantes nos algoritmos, é apenas uma questão de tempo até que o site de busca perceba que você não está fornecendo informações relevantes e o puna por isso.

As atualizações panda e penguin do Google afetaram uma grande porcentagem do tráfego de sites , por exemplo. Recentemente com o que o Google chama de Web Vital ou métricas de UI/UX, isso não foi diferente.

No entanto, no futuro, essas atualizações se aproximarão cada vez mais de serem realizadas em tempo real, e sites que aplicam truques e táticas conhecidas como black hat não terão onde se esconder (atualizações em tempo real também significarão uma recuperação mais rápida das penalidades).

Os truques de SEO de curto prazo se tornarão cada vez mais a curto prazo.

Qualidade e conteúdo relevante será a única solução de longo prazo para aumentar a visibilidade dos sites  de busca.

Concluindo

Pode levar tempo para ver um retorno em seus esforços de SEO, por isso entender as dicas de SEO apresentadas nesse artigo é um ótimo começo.

Houve momentos em que os backlinks governavam SEO e no início era a repetição de palavras-chaves. Grande parte do trabalho de SEO tem sido um esforço para ficar um passo à frente do Google e dos sites de busca.

Ultimamente, a otimização para ranquear nas ferramentas de busca é muito menos sobre encontrar atalhos para vencer o sistema e mais sobre se destacar dentro do sistema, com textos e conteúdo em geral de qualidade.

É claro que o futuro do SEO é desconhecido, mas a transparência dos sites de busca e dos estudos de caso atuais estão fornecendo um roteiro viável a seguir.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *