Pular para o conteúdo
Home » Blog » Marketing Digital De Mercado De Luxo: Tudo O Que Você Precisa Saber Para Ter Sucesso

Marketing Digital De Mercado De Luxo: Tudo O Que Você Precisa Saber Para Ter Sucesso

Real Estate Sellling Online

A venda de camisetas descoladas na Internet exige uma excelente estratégia de marketing digital. Você terá que fazer de tudo, desde um bom site e depoimentos até seu jogo de mídia social estar no ponto, e assim por diante. Se fizer isso, você venderá com facilidade e em grande quantidade. Mas quando se trata de produtos caros, como uma obra de arte ou, digamos, um carro, você precisa de um marketing digital de alto valor.

Afinal, à medida que o preço aumenta, fica difícil convencer o comprador a tomar a decisão de compra. Em outras palavras, quanto mais alto for o preço do ingresso, menores serão as chances de sucesso com as técnicas de marketing comuns. Você precisa de uma abordagem diferente e acertar muitas coisas em sua estratégia.

Mas antes de nos aprofundarmos nos mantras de sucesso para sua estratégia de marketing digital de alto preço, vamos dar uma olhada mais de perto no conceito em si. Como se diz, é preciso conhecer as regras do jogo antes de dominá-lo, certo?

Portanto, sem mais delongas, vamos nos aprofundar e fazer com que seus produtos de alto preço comecem a ser vendidos!

O Que É Marketing Digital De Ticket Alto?

Essa forma de marketing digital auxilia na venda de produtos e serviços que são mais caros (às vezes, muito mais) do que os produtos vendidos regularmente pela Web. As estratégias, as ferramentas e as técnicas que as marcas e os profissionais de marketing usam para vender esses produtos e serviços constituem o que é conhecido como marketing digital de alto preço.

Aqui estão alguns exemplos para lhe dar uma visão mais clara dos tipos de produtos de que estamos falando.

– Iates e jatos particulares

– Imóveis

– Moda e joias de grife

– Eletrônicos, como dispositivos de áudio avançados ou câmeras super caras

– Serviços de consultoria ou coaching

– Máquinas e equipamentos de grande porte geralmente comprados por empresas

Agora, como se decide quando um produto ou serviço ultrapassa a marca e se transforma em uma compra de alto valor? Calma, não há uma escala enorme de categorias com um milhão de produtos nela. De fato, é muito simples determinar qual produto entrará nessa categoria.

Digamos que o preço médio dos produtos em um determinado mercado esteja em torno de R$ 80 a R$ 100. Agora, se uma marca lança um produto de R$ 600 no mesmo mercado, ele se torna automaticamente uma compra de alto padrão. Mas esse produto não é uma compra de alto valor em um mercado em que o preço médio é de R$ 600.

Vamos dar uma olhada em alguns mantras de sucesso para o marketing digital de alto tíquete bem-sucedido.

Dicas Para Um Marketing Digital De Mercado De Luxo Bem-Sucedido

Tips for High Ticket Digital Marketing
Dicas de marketing digital de ticket alto

1. 1. Trabalhe Em Seu Site

Seu site é a base sobre a qual se erguerá o arranha-céu do marketing digital. E com essa forma de marketing, também, você precisa começar pelo seu site. Primeiro, certifique-se de que seu site seja fácil de navegar e agradável aos olhos.

É melhor equipar seu site com um chatbot interativo para converter clientes de alto nível. Dessa forma, você se envolverá com clientes em potencial em tempo real e fornecerá sugestões com base nas necessidades deles.

Afinal de contas, os chatbots atualmente podem lidar com 70% de todas as conversas completas, respondendo à maioria das dúvidas dos clientes.

Além disso, você também deve procurar aumentar a conversão analisando os visitantes. Verifique os mapas de calor e extraia pesquisas dos visitantes do site, execute testes A/B e concentre-se em convertê-los em seus clientes. Saiba o que mais você pode fazer para envolver melhor e interessar seus visitantes e vá direto ao ponto.

READ ALSO  O Que É A Técnica Foot In The Door E Como Aplicá-la?

Na verdade, o uso de depoimentos ou a apresentação de estudos de caso detalhados pode ser um aspecto crucial de sua estratégia de marketing digital de alto preço.

Conte ao mundo como seu produto ou serviço mudou positivamente a vida das pessoas ou as operações de uma empresa. Isso pode não significar a conversão instantânea de seus visitantes, mas ajuda muito a criar credibilidade com eles.

2. Conteúdo Orientado Para A Experiência

É quase impossível explicar o quanto isso é um clichê, mas o conteúdo é o rei. Sim, ele ainda é. Mesmo quando você está vendendo joias de alta qualidade ou imóveis, o conteúdo que você publica envolve ou desinteressa um cliente em potencial. E hoje, a mudança de conteúdo está fortemente inclinada para o formato de vídeo, com 81% dos profissionais de marketing dizendo que o vídeo os ajuda a aumentar as vendas.

Então, quando se trata de vender produtos de alta qualidade, em que tipo de conteúdo de vídeo você deve se concentrar?

Bem, isso pode ser feito por meio de demonstrações de produtos ou vídeos de “como usar”. Novamente, o que você precisa enfatizar nesse tipo de conteúdo é a funcionalidade do seu produto.

Além disso, você também pode entrar no metaverso se quiser oferecer aos clientes potenciais uma experiência mais completa. Por exemplo, você pode oferecer aos seus clientes em potencial um tour virtual pela propriedade se estiver vendendo imóveis. Ou, se o seu negócio for moda de grife, você também pode oferecer aos seus clientes uma opção de experimentação virtual.

Em suma, seja qual for o meio ou formato escolhido, você precisa criar conteúdo que revele a verdadeira essência da utilidade do seu produto. Como qualquer outra técnica de marketing, o conteúdo de qualidade e envolvente é a espinha dorsal de sua estratégia de marketing digital de alto custo.

3. Conteúdo Otimizado Para Vendas

Está se perguntando por que estamos falando de conteúdo novamente? Bem, esse conteúdo é um pouco diferente daquele que discutimos no ponto anterior. O conteúdo que você publica também deve ter em mente sua buyer persona. Afinal de contas, você precisa conhecer o cliente ideal para colocar os números ideais no gráfico de vendas.

Além disso, seu conteúdo também deve ajudar suas equipes de vendas. Para isso, você terá que otimizá-lo para SEO de modo a atrair o público certo. Prepare uma buyer persona e garanta que seu conteúdo esteja alinhado com as necessidades, os desafios e as preferências desse comprador específico.

Esse conteúdo para apoiá-los dará à sua equipe de vendas uma chance maior de gerar conversões. E seus clientes potenciais saberão exatamente quais soluções sua marca está oferecendo. Afinal, seus super-heróis de vendas também precisam de um pouco de ajuda de vez em quando.

4. Construção Da Comunidade

O mundo atual é estranho, para dizer o mínimo. Existem grupos dedicados a tudo, desde ideologias políticas até aqueles que se apaixonam por pandas vermelhos. Para as marcas que estão descobrindo como comandar o marketing digital de alto custo, isso pode ser visto como uma janela de oportunidade atraente.

Criar uma comunidade on-line em torno de sua marca ou do produto ou serviço que você vende é uma ótima maneira de fazer vendas de alto valor. E há muitas plataformas diferentes em que você pode fazer isso. Isso inclui plataformas de mídia social como o Facebook ou outros fóruns on-line.

READ ALSO  Silence, Brand! Marqueteiros, Não Façam Nada Sem Ler Isto

Mas você precisa descobrir onde seu público-alvo passa mais tempo. Eles ficam rolando os rolos no Instagram? Ou estão mais no Twitter? Ou ainda preferem o bom e velho Facebook? Saiba onde estão seus compradores-alvo antes de iniciar a criação de sua comunidade.

Afinal de contas, nem sempre é possível alcançar os clientes e convencê-los. Após um determinado período, você deve se esforçar para reunir seus compradores. E você verá como o poder da comunidade o ajuda a expandir seus negócios e a elevar seus números de vendas a um novo patamar.

5. Parceria Para O Progresso

Sua marca já tem uma base de consumidores, certo? Mas o alcance de sua marca deve ser limitado até certo ponto. Em palavras simples, deve haver muitas pessoas que poderiam usar seus produtos, mas não sabem ou não estão interessadas. Como alcançar esses clientes?

Bem, o marketing de afiliados é uma maneira de fazer isso. Por exemplo, você pode fazer parceria com outra empresa e fazer promoção cruzada entre elas. As marcas também optam por praticar o marketing de afiliados em troca de uma comissão de vendas. De qualquer forma, os termos da parceria podem variar e dependem das marcas que estão colaborando.

Com o marketing de afiliados, você alcança o cliente desavisado e/ou desinteressado. Em outras palavras, você está expandindo seu público. Mas há outra maneira de levar sua marca a milhões de pessoas que não a conheciam: o marketing de influenciadores.

Você pode fazer parcerias com celebridades ou especialistas em sua área. Isso deve se basear no alcance dessa pessoa e na quantia de dinheiro que você pode gastar. Quando se trata de marketing digital de alto custo, há um motivo pelo qual praticamente todas as marcas o fazem. Tudo o que você precisa fazer é dar uma olhada nesses números:

– Entre 2016 e 2020, o mercado de influenciadores cresceu de US$ 1,7 bilhão para US$ 9,7 bilhões.

– As empresas relataram que obtiveram um retorno cinco vezes maior com o marketing de influenciadores, ganhando mais de R$ 20 para cada real gasto.

– Atualmente, 61% dos clientes confiam nas recomendações de influenciadores.

– 60% dos profissionais de marketing acreditam que o conteúdo gerado por influenciadores funciona melhor do que o conteúdo de marca.

Esses números facilitam a compreensão da importância do marketing de influência atualmente. E quando se trata de marketing digital de alto custo, ele pode ajudar sua marca a ganhar muito dinheiro. Basta ter cuidado e entrar em contato com influenciadores relevantes para seu público-alvo.

6. Valorize Seus Clientes Atuais

As marcas geralmente cometem esse erro. Em uma tentativa de obter novos clientes, elas tendem a ignorar os clientes existentes. Essa mentalidade considera o negócio uma transação única em vez de um relacionamento de longo prazo. Você não pode se dar ao luxo de cometer o mesmo erro ao vender produtos caros

Em primeiro lugar, seus clientes atuais podem se tornar bons defensores de sua marca. Eles podem conseguir referências que comprarão de você, expandindo sua base. Mas, para que isso aconteça, você deve oferecer a eles mais do que apenas o produto. Você precisa de um atendimento ao cliente bom e completo para que isso aconteça.

Você também pode oferecer um incentivo aos clientes atuais para que indiquem alguém. Por exemplo, dê a eles 20% de desconto na inscrição para o seu próximo webinar se conseguirem uma indicação para o seu workshop de coaching de vida.

READ ALSO  O Que São Marcas Genéricas? Conheça Sua História E Players

Você também pode usar seus clientes atuais para fazer vendas cruzadas ou vendas adicionais de seus produtos. Novamente, eles já são seus clientes. Portanto, eles procurarão mais do que o que você oferece a todos. Certifique-se de que sua proposta seja elaborada especialmente para eles. Esse é um ponto em que o desconto ou a oferta que você está fazendo pode fazer uma enorme diferença.

O Que O Futuro Reserva?

Abordamos esse tópico anteriormente. Mas a maneira como as marcas podem interagir com seus clientes mudou agora. Com a chegada da realidade virtual e aumentada, o escopo é insano. As marcas que se anteciparem a essa tecnologia poderão proporcionar uma experiência altamente imersiva aos clientes em potencial.

Para o marketing digital de alto custo, o futuro parece brilhante. E podemos dizer o mesmo para os clientes. O virtual logo começará a espelhar o real. Os clientes receberão demonstrações de produtos em tempo real, e a conveniência já está sendo planejada para disparar. Mas para as marcas, as coisas continuarão a se tornar competitivas.

Por quê? Porque todas as marcas que tiverem orçamento entrarão em ação com a tecnologia para atrair o público. O site de todas as empresas imobiliárias terá uma opção de “tour virtual”. Toda marca de roupas oferecerá uma “prova virtual”. E toda empresa de automóveis poderá mostrar ao público como é sentar-se em seu sedã de luxo usando aprimoramentos audiovisuais.

Mas fazer as coisas direito não é um jogo de números. Com a combinação certa de criatividade e dedicação ao atendimento de seus clientes, sua marca se sairá muito bem. Dito isso, você precisa conhecer a fera para matá-la. Portanto, fique de olho nas atualizações e nos acontecimentos do mercado. Mantenha-se informado e adapte-se a esse mundo em constante evolução; as vendas de ingressos altos continuarão chegando.

Conclusão

Algumas pessoas acreditam que a Internet não pode realmente ajudar a vender produtos caros. Afinal, quem se convenceria a comprar uma obra de arte cara em um site? Mas e se eles pudessem ter uma visão virtual de como essa obra de arte ficaria em seu quarto? É mais do que provável que isso os convença a comprar a obra de arte.

E é disso que o marketing digital de alto preço precisa. Ele precisa que as marcas ofereçam mais do que um esboço detalhado de seu produto. Quando alguém gasta centenas de dólares onde poderia ter gastado US$ 50, com certeza precisará de mais do que um depoimento em texto para ser convencido.

Estas são algumas maneiras pelas quais sua marca pode fazer isso. Lembre-se de que seu foco deve estar em se destacar. Dê a eles todos os motivos para gastar aquele dinheiro extra. Existem plataformas on-line nas quais você pode retratar essa imagem de seus produtos.

Esperamos que este artigo seja útil para você. É hora de começar a trabalhar e acertar seu jogo de marketing digital de alto preço.

Join the conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *